sábado, 3 de março de 2012

Milton Schwantes está morto

Ele morreu no dia 1 de março. Decerto, muitos de meus leitores não gostam (ou não gostariam, se conhecessem) do trabalho do professor Schwantes. Eu mesmo, há pouco, discordei pontualmente de uma de suas leituras. Mas não há como negar que o volume da produção do pastor (IECLB) e professor (docente na UMESP, graduado pela EST e doutorado pela Universidade de Heidelberg) Milton Schwantes impressiona. Cá e acolá, da parte de católicos e evangélicos, no Brasil e no exterior, o que se lê é que morreu um dos maiores biblistas brasileiros. E pena que morreu ainda novo.

Nestes dias, então, o Brasil perdeu um grande lider da Igreja Anglicana, Robinson Cavalcanti, assassinado por um filho adotivo no Recife, e um grande biblista e pastor luterano, vencido por uma enfermidade.

Que Deus console as famílias de ambos e cuide para que suas ovelhas continuem bem pastoreadas.

O currículo do professor Milton Schwantes, que, apesar de impressionante, não reflete totalmente sua importância na vida de muitas pessoas, é o que se encontra neste link: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4795812D5

Abraço,

Cesar

Nenhum comentário:

Postar um comentário