segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Peixe à moda do Nazareno

Por acúmulo de tarefas e necessidade de concluir uma empreitada para poder dar início a outra, tirei férias do blog. Depois de 10 meses de produção e oferta de 'comida caseira', permanecerei aproximadamente dois meses postando textos de outras pessoas ou repostanto textos antigos.

 
Um peixe, no zoológico de Buenos Aires

Alguns detalhes da vida de Jesus costumam passar despercebidos, sobretudo suas ações mais simples, comuns, meramente humanas. Muitos se esquecem que, durante muitos anos, ele viveu como um simples carpinteiro, que se envolvia no cotidiano de sua pequena cidade. Uma atitude tão singela e, ao mesmo tempo, tão altruísta como a que ele tomou às margens do Tiberíades depois de ressuscitado, então, não será frequentemente mencionada em sermões dominicais. Mas o que foi que ele fez? Ele cozinhou para os discípulos. Isso mesmo! Não precisa fazer cara de espanto. Veja só:

"Disse Pedro a eles: 'Vou pescar!' E disseram a ele: 'Nós também vamos com você.' Foram e subiram no barco e, naquela noite, não pegaram nada. E quando era já de manhãzinha, Jesus se colocou na praia. Contudo, os discípulos não sabiam que era Jesus.
...
Então, quando desembarcaram em terra, viram um braseiro armado, peixe colocado sobre ele, e pão. Jesus disse a eles: 'Tragam dos peixes que vocês pescaram agora.'
...
Jesus disse a eles: 'Venham! Comam!'"
João 21:3-4;9-10;12

Não sei que receita o Mestre seguiu, mas imagino que o peixe assado tenha ficado muito saboroso. Além do mais, deve ter sido bem oportuno para os que chegaram à praia e encontraram comida pronta. Simples demais para o Salvador que há pouco havia morrido pela humanidade... É verdade. Mas ele se fez pequeno para servir, lembra? E com essa simplicidade ele mostra uma maneira de amar por ação, por um gesto, e não somente por palavras.

Convido você a fazer algo semelhante ao que Jesus fez! Um churrasco de peixe? Não necessariamente. Tentei uma vez, mas ficou ressecado. Acho que faltou embrulhar com papel alumínio ou folha de bananeira. Façamos o seguinte: vamos considerar que o Peixe à moda do Nazareno pode ser qualquer prato (com peixe, se possível) preparado com intenção semelhante. Então, primeiramente, escolha os discípulos dele que você vai surpreender. Pode ser sua esposa, seu marido, filhos, amigos da igreja, do trabalho etc... Depois, escolha uma receita prática que tenha peixe. Vou sugerir a mais simples das receitas, para ser acessível até aos mais inexperientes nas coisas da cozinha. Anote aí:

Tagliarini com molho de Atum à moda do Saboroso Saber

1 Lata de Atum Sólido ao natural
1 Cebola pequena
1 Lata de extrato de tomate (se for experiente, substitua parte dessa lata por tomates italianos maduros sem pele e sementes)
10 Azeitonas (Azapa) picadas
1 tantinho generoso de parmesão ralado (Não compre os pacotinhos, pois não são queijo puro. Compre um pedaço e rale na mão mesmo. Se for muito inexperiente ou preguiçoso, procure os potinhos com parmesão recentemente ralado nos bons supermercados)
Azeite Extra-Virgem
Molho de pimenta
8 folhas de manjericão fresco
Orégano seco
250 gramas de Tagliarini (massa tipo caseira, por favor!)

Cozinhe a massa com o tempo ensinado pelo fabricante na embalagem (as pessoas costumam cozinhar demais).
Enquanto isso, refogue rapidamente a cebola picada no azeite (se for usar tomate, acrescente-o em seguida e espere até começar a se desmanchar, mexendo devagar). Logo, coloque toda a lata de atum. Mexa um pouco. Pegue duas ou três colheres da água que está fervendo com o macarrão e ponha no molho. Mexa mais. Acescente as azeitonas e o extrato de tomate. Mexa enquanto volta a ferver. Acrescente o manjericão fresco. Desligue o fogo e tampe. Coloque a massa no prato (isso mesmo, você vai servir o/a convidado/a) e acrescente o molho por cima, sem mexer tudo. Despeje um tantinho do parmesão. Acrescente uma pitada de orégano seco esfregando-o com as pontas dos dedos (para ativar o aroma). Regue com um fio do azeite! Pronto! Se quiser sirva junto uma salada de folhas (sugiro rúcula ou agrião, por terem sabor mais marcante).

Faça algo como Jesus: Prepare essa massa, convide alguém, compartilhe! Depois, me conte como foi!

Um abraço!
C.

P.S.: Essa receita de macarrão é de minha autoria e tem o objetivo de ser prática ao extremo. Se você quiser mesmo investir mais tempo em um peixe assado, aqui vai uma receita interessante: Salmão na Brasa (Cozinha Travessa). Já fiz bem parecido no forno e ficou muito gostoso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário