domingo, 4 de dezembro de 2011

João Batista de Da Vinci, perfeita e péssima representação - 2º Domingo de Advento

Neste segundo Domingo de Advento, João Batista me apareceu nas leituras que hoje se fizeram na igreja. Por isso, resolvi falar dele de modo breve, breve mesmo. Gostaria somente que você considerasse o seguinte quadro pintado por Leonardo Da Vinci por volta de 1516:


Incomoda, não? Um sujeito assim, meio andrógino, não representa bem o profeta meio rude que conhecemos pelas páginas dos Evangelhos. Que olhar é esse? E esse sorriso? E que shampoo era esse que João Batista encontrava no deserto para ter cachos sedosos? Péssimo, senhor Da Vinci!

Por outro lado, a representação é perfeita, não pela feição do retratado, mas por seu gesto. João Batista aponta. E se você olhar mais de perto, verá que ele aponta para a cruz! E é isso que ele fez, de fato. "Vejam o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" Vejam a ele, não a mim. Vejam!

Quando olho para o quadro, agora, penso que, se implico, é porque não somente a pintura do artista é equivocada, mas também o meu olhar. Eu deveria submeter-me ao gesto e olhar para a cruz, esquecendo-me daquele que aponta. E eu também devo apontar. E devo esperar que de fato não olhem para mim, mas para aquele que assinalo, Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, morto pelos nossos pecados. Mas isso é difícil, pois, na prática, apontamos para a cruz, mas deixamos e queremos deixar nossas faces no foco.

Fragmento de oração (junte seus cacos com este e construa sua prece)

Senhor, não posso esconder de ti minhas limitações. Sei que preciso apontar para Cristo sem a vaidade de querer ser visto. Mas é difícil vencer o velho homem que habita em mim. Perdoa-me essa falha e ajuda-me a compreender o verdadeiro sentido de viver para Cristo.

Abraços,
C.

4 comentários:

  1. http://www.pranselmomelo.com.br/2011/12/atencao-urgente-votacao-plc-122.html#axzz1fgol8EY1
    Querem votar o projeto na surdina.

    ResponderExcluir
  2. Vim visitar seu blog, desejar de todo o coração que continue a ser uma benção, e que se deixe usar pelo Grande Mestre. Ao mesmo tempo convidar a fazer parte de meus amigos no blog, A Verdade Que Liberta, lembre-se que unidos em Cristo somos uma verdadeira muralha contra qualquer calamidade, espero por sua visita. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Oi, você ai!
    Meu abençoamado implicante Cesar
    Tõ voltando, ainda sem tempo para dedicar-me à blogosfera.
    Por não ter concluido a mensagem para a minha rentrée (tá certo?) o Gleison está reproduzindo a minha primeira mensagem como blogueiro.
    Dei uns retoques em seu conteúdo original. Creio que vc vai gostar qdo. me visitar.
    Quanto à pose do Joãozinho, xiiiiiiiiiiiiii
    saudoso saudares do
    Conservo e admirador
    Alberto

    ResponderExcluir
  4. Alberto, meu irmão,
    Que bom que você voltou!
    Vou passar lá no seu blog em breve para ler com calma esse texto, que para mim será novidade.
    Um abraço fraterno,
    Cesar

    ResponderExcluir