sexta-feira, 1 de julho de 2011

Saboroso Devocional para o mês de Julho

Relógio do Sol, em Tiradentes - MG

Quando criança, costumávamos cantar uma canção na escola que dizia assim: “Quero ver você não chorar / não olhar atrás / não se arrepender do que faz”. Bonitinha até que é, mas se coloca em clara oposição a algo imprescindível para a proposta do cristianismo: a avaliação do passado, o arrependimento e a confissão dos pecados. E a diretora da escola, embora fosse uma senhora cristã fervorosa e austera, não o percebia.

Neste mês, chegamos à metade do ano. Já passamos pelo carnaval, pela semana santa, e já nos lembramos da vontade de comer canjica. Também, já começamos a nos esquecer dos planos que tinhamos feito para 2011. Será que precisamos esperar novembro para voltar a pensar em mudanças, bolar planos, reavaliar nosso proceder? Já se passaram seis meses. É um bom momento para olharmos atrás e nos arrependermos sinceramente das coisas más que já conseguimos fazer neste ano. Tantas coisas: as palavras desnecessariamente duras que dirigimos a alguém, a falta de amor em nosso cotidiano, o pouco tempo e cuidado que dedicamos a Deus etc. Se for preciso e sincero, podemos chorar, reconhecendo nossos erros e pedindo ao Senhor perdão. E assim, com os olhos sendo enxugados pela lembrança da Graça maravilhosa, poderemos erguer nossas cabeças e olhar adiante. Há seis meses pela frente! A metade de 2011 está disponível, resplandecendo diante de nós como uma grande oportunidade para construirmos um ano melhor, um ano em que nossas vidas reflitam verdadeiramente o fato de que somos cristãos. Um ano em que seja firme nossa decisão de fazer a vontade de Cristo: Amar o outro como a nós mesmos e a Deus sobre todas as coisas.

Fragmento de oração (junte este cacos a outros tantos e construa sua prece):

Senhor, eu olho para trás e vejo coisas ruins que fiz e coisas boas que deixei de fazer. Fico entristecido com o que encontro, mas não quero deixar de olhar, pois é assim que posso me arrepender e pedir perdão, e é assim que posso compreender meus defeitos e tentar agir melhor. Eu agradeço por ainda poder parar e me arrepender, e por receber o teu perdão pelo sacrifício de Jesus Cristo. E peço que o Senhor me ajude a seguir em frente, cada vez melhor.

Cesar M. R.

Durante todo o mês de Julho, este devocional estará disponível também na barra acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário